Os Sofrimentos do Jovem Werther

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Os Sofrimentos do Jovem Werther

Mensagem  Cyber em Qui Jan 17, 2008 7:55 pm

Olá amigos;
Como estamos falando de clássicos e de grandes autores, queria saber de vocês o que acham do livro "Os Sofrimentos do Jovem Werther" do Goethe. Foi a primeira 'coisa' que li do Goethe e gostei muito. Também gostaria que comentassem o seguinte texto que encontrei em uma página [1]:

"Um certo estado de alma, um sentimento particular, pode apossar-se de um poeta e impor-lhe, por assim dizer, a expressão e a representação, numa forma minuciosa ou resumida, de sentimentos que se referem a circunstâncias e eventos exteriores: festas, vitórias, etc. O exemplo mais típico deste gênero é dado pelas Odes de Píndaro que são, no sentido mais autêntico da palavra, poesias de circunstância. Goethe, por sua vez, utilizou muitas situações deste gênero e até se pode, alargando o quadro, considerar Werther como um poema de circunstância.

Ao escrever Os Sofrimentos do Jovem Werther, Goethe produziu uma obra de arte a que deu, como conteúdo, as suas próprias aflições e seus tormentos, os seus próprios estados de alma, procedendo como todo poeta lírico que, ao procurar aliviar o coração, exprime aquilo de que é afetado enquanto sujeito. Graças a isso, o que era interior imobilidade acha-se livre e transforma-se num objeto exterior de que a pessoa se libertou. Do mesmo modo as lágrimas servem de derivativo à dor do que, por assim dizer, se esvai através delas. Como ele mesmo o disse, Goethe escreveu o Werther para se libertar da angústia íntima, e conseguiu-o.

Em tais situações líricas, pode refletir-se, por um lado, um estado objetivo, uma atividade referenciada ao mundo exterior, e, por outro lado, um estado da alma que, desligando-se de tudo o que é exterior, regressa a si mesma e torna-se o ponto de partida de estados internos e de sentimentos profundos".

O que vocês acharam?? Comentem!!!


[1] - Projeto Goethe - http://www.starnews2001.com.br/literatura.htm

_________________
:::... Cyber ...:::
"Felix qui potuit rerum cognoscere causas."
avatar
Cyber
Admin

Masculino Número de Mensagens : 65
Idade : 37
Localização : MG
Data de inscrição : 03/12/2007

Ver perfil do usuário http://livrosrevisados.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Sofrimentos do Jovem Werther

Mensagem  Pessoa em Seg Jan 21, 2008 7:11 pm

Goethe em sua obra teve como conteúdo, as suas próprias aflições,seus tormentos, seus próprios estados de alma, escreveu a obra para se libertar da angústia íntima, em sua vida também teve um amor não correspondido (óbvio q não se matou..rs).Na época ocorreu, na Europa, uma onda de suicídios, de tão profunda suas palavras porque as pessoas se identificavam com o sofrimento e acreditavam que a única solução para seus problemas era a morte.
Qd li achei q fosse um livro revolucionário. por ele ter sido 01 dos precursores do romantismo mas vi q deveria ter conhecido a obra há dois séculos atrás, quando era novidade. Hoje, a idéia romântica do jovem platonicamente apaixonado não é nova. A história do livro é bacana, sim, mas para o contexto da época.
avatar
Pessoa
Admin

Feminino Número de Mensagens : 23
Data de inscrição : 11/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Sofrimentos do Jovem Werther

Mensagem  Gustavo em Ter Jan 22, 2008 7:13 pm

Eu concordo com você, Raquel. Eu indicaria "Werther", PELO TEMA, a adolescentes. ^^
O fantástico no Goethe,entretanto, é que ele INOVOU com maestria a literatura da época. Ele foi um gênio, nisso não há dúvidas, mas um dos grandes méritos dele foi escrever obras diversas do que existia até então. Com "Anos de Aprendizagem de Wilhelm Meister" nasceu o chamado "romance de formação". "Os Sofrimentos do Jovem Werther" é primordial por a estória ser narrada através de cartas! Isso sem nem citar "Fausto"...
avatar
Gustavo

Masculino Número de Mensagens : 48
Idade : 31
Localização : SP
Data de inscrição : 12/01/2008

Ver perfil do usuário http://angudenovo.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

o apanhador no campo de goethe

Mensagem  rodolfo_viana em Qua Fev 13, 2008 8:34 am

eu não vou comentar o livro, mas sim uma lembrança que este post me trouxe.

eu sempre fui muito cuidadoso com livros. não faço orelhas, por exemplo. mas no werther, me deu uma vontade descabida de rabiscá-lo, de anotar divagações ora pertinentes, ora bestas.

e cá tenho uma obra única escrita por goethe e "ampliada" pela voz na minha cabeça. rs... este é o único livro que até hoje me deu vontade de escrever nas entrelinhas.

hoje, depois de ver o post, tomei o livro e reli as anotações. percebi que enquanto lia goethe nos meus dezessete anos, eu era o apanhador no campo de centeio.

enfim, werther me fez uma espécie de holden caulfield. e eu nem tinha lido o livro de jd salinger ainda, coisa que fui fazer apenas depois dos vinte. rs...

é, eu sei. é esquisito. mas em resumo, quero apenas agradecer àquele que sugeriu werther. trouxe-me uma nostalgia interessante.

rodolfo_viana

Masculino Número de Mensagens : 31
Idade : 36
Localização : dudinka [com três exércitos amarelos]
Data de inscrição : 24/01/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Sofrimentos do Jovem Werther

Mensagem  kelner em Qua Fev 13, 2008 10:47 am

Um dia antes do carnaval, ao sair do trabalho, fui até a
livraria Saraiva aqui no centro do Rio comprar um livro especialmente para o
carnaval. Dei de cara com o livro em questão: "Os Sofrimentos do Jovem Werther".
Li na orelha, referência aos suicídios atribuídos a obra e resolvi deixar para
outra ocasião; bastava-me um livro como “O lobo da estepe!”. Embora decidido,
voltara várias vezes ao livro. Acabei mesmo levando um do Woody Allen;
“adultérios”: três deliciosas estórias (só diálogos) tão sagazes e divertidas
que remetera-me a Shakespeare, com aquela inteligência rápida para a
palavra, que me ocorre sempre a idéia de que a escrita fora criada porque se
sabia que Shakespeare um dia surgiria em algum lugar do planeta para usá-la.
Enquanto na literatura os românticos nos dão as razões para a desilusão com o
mundo cão-nosso-de-cada-dia, na música romântica, ouvimos a trilha para o
suicídio - é só ouvir um pouco de Schumann, Chopin ou Rachmaninov para rapidamente
nos vir a corda e o cadafalso.
Na verdade, Goethe é mais um daqueles
autores que tenho vergonha em admitir ainda não tê-lo lido. E se não estivesse
lendo “O lobo da estepe”, provavelmente compraria o do Goethe para ler
durante o carnaval.
Enquanto leio “O Lobo da estepe”, faço o
mesmo que o orlandoviana fez com “Os sofrimentos...”. Um livro com ideais tão
meus que o tenho quase como o diário que não escrevi - e nem o saberia, claro.
Enfim. Goethe está prestes a sair da
referida lista.
Mesmo não gostando do estado de espírito que me leva a arte dos românticos, não
consigo ficar muito tempo longe dela. Talvez seja a literatura que mais nos
aproxima do autor, por razões humanas e universais. São eles os que mais se
expuseram: publicavam a própria alma quando publicavam suas obras. Por esta e
outras razões, são universais e eternos.

kelner
Colunista

Masculino Número de Mensagens : 37
Idade : 40
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 21/01/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Sofrimentos do Jovem Werther

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum