Meu amor tarja preta

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Meu amor tarja preta

Mensagem  kelner em Seg Mar 10, 2008 4:14 pm

Meu amor tarja preta

Que me envolve em descabelo

Viração de olhos



Meu amor doideira

Peladíssima

A brado incauto

Na lua quente do meio dia



Meu amor

Os braços abertos buscando a dor

Num trampolim de oitavo andar



Amor comprimido

De seis em seis

Um copo d'água

Um calafrio



Amor hóspede epilético

Que eu faço sala

Pra esse meu absurdo



Amor free-farelo

Risco grosso de cocaína

Velocidade-embriagues

Ferro, carne e gasolina.



Amor inferno

Agonia

Desfavor da sela escura



Amor ódio

Cicatriz

Rabisco que tatua

Cutelo que disseca



Amor fim do mundo

Explosivo

A eleição do genocídio



Amor

Saiba-se que não se inventa

Pois é tragédia do por acaso



Amor atraso

Do retardado

Pois esqueceu-se de ensaiar o cinismo



Amor eterno

Que logo acaba

No rebolar da fútil dama



Amor do sonho arquitetado

Que rui nas bases da utopia



Amor Vinícius

Amor Drummond

Que assina com poesia



Amor retórico, só hipotético

Por que todos são ficcionistas



Meu amor tarja preta

Que contra indica, mas profetiza

Que algum doente ainda possa crê-lo.

kelner
Colunista

Masculino Número de Mensagens : 37
Idade : 40
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 21/01/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum