Estuporado mundo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Estuporado mundo

Mensagem  Damnus Vobiscum em Seg Ago 04, 2008 5:01 pm

Estuporado mundo, cadavérico
A definhar em cronológicas cadências
Por séculos a alma humana a chafurdar
Na ignorância.

Em logradouros sujos, sujas crianças
De velhice e ócio cingidas, tão findas
Tão distantes do modelo, tão sozinhas, tão
Não salvas.

Anciões de pele alva, cabeça calva
Choram em paupérrimos berçários, vários
Hereditários erros a recometer, e ser
É só um deles.

Nos becos secos que abundam, ao léu
Sob um céu vazio e frio vagueiam cães
E mães a procurar comida, combustível
Da vida.

Existência porca, parca consistência
Esquálidas figuras translucidam pelas ruas
Figuras da fome, exército mísero em luta
Consigo.

Estuporado mundo, e cadavérico
No qual mais um dia estive, e estou
Não burle, não bula no minguado orgulho
Que me restou.
avatar
Damnus Vobiscum

Masculino Número de Mensagens : 5
Idade : 42
Localização : Extrema - MG
Data de inscrição : 03/08/2008

Ver perfil do usuário http://recantodasletras.uol.com.br/autor.php?id=1514

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum