Pele Mediterrânea

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Pele Mediterrânea

Mensagem  Vivatchka em Dom Fev 10, 2008 5:11 am

Pele Mediterrânea

Liana tinha o sono leve de tanto dormir, um indicativo de sua depressão, que a prostrava, e por isso, tinha muitos sonhos. Longos sonhos em que podia pensar, argumentar, fazer contas e, com um pouco de esforço, até ler um texto breve.
Naquela segunda-feira de tempo ameno, após um dia um tanto sem-graça, repleto de eventos prosaicos e palavras jogadas foras, começou a sonhar com um homem.
Ela o conhecia e convivia com ele havia cinco anos. Cinco longos anos, diga-se de passagem, cuja marca havia sido, em sua vida, a constante vontade de morrer.
Mas naquela noite de segunda-feira, Deus atendeu ao seu pedido diário de não enviar-lhe pesadelos, e sim sonhos de liberdade. Ela pedia, como um linimento à sua dor, sonhos em que voasse, dançasse, flertasse com homens interessantes.
E foi com aquele homem que compunha sua rotina que sonhou, não como ele era no seu dia-a-dia, uma pessoa comum com quem trocava poucas palavras, de cunho profissional, durante sua jornada de trabalho.
No sonho, Liana se encantou. E dizia a ele, num jogo de sedução: “Adoro sua pele morena, mediterrânea, e a forma como seus olhos ficam apertados quando ri. Linda a sua boca, sua forma de arranjar a camiseta que veste. Você é mais velho e interessante, apesar de seus cinqüenta anos, não tem cabelos brancos”. E assim, durante um período que pareceu ser de horas e horas, ela raciocinava no sonho, e dizia à medida em que pensava, o quanto aquele homem era atraente e interessante. No sonho, podia ler nos gestos dele os livros que já lera, os lugares para onde já tinha viajado, seu sucesso profissional. Não esqueceu também que ele era casado, o que fazia envergonhar-se, mesmo durante o sonho. Ela própria era casada, mas no sonho, já havia se separado do marido, que já não lhe parecia tão interessante. Não lhe escaparam, ainda, os finos pêlos do braço daquele homem e as camisas que insinuavam uma relva mais vasta no peito – como era de sua preferência.
Também naquele seu longo sonho, Liana se perguntava como estaria o casamento daquele homem. Tudo indicava que estava estremecido, talvez já tivesse sido desfeito. Mas jamais se perguntara isso durante a vigília, durante o vaivém no escritório, porque não era dada a fofocas e pouco lhe importava a vida privada das pessoas.
O despertador tocou às oito na terça-feira, e Liana o desligou com um sorriso maroto. O marido já havia se levantado e certamente lia o jornal na sala, como costumava fazer. Entrava no trabalho somente às 11 horas, mas havia programado acordar cedo para fazer compras. Porém, apeteceu-lhe dormir mais, sonhar mais, seduzir mais aquele homem que encontraria bem desperta dentro de poucas horas.
O marido não estranhou o sono prolongado, porque Liana dormia muito. Agora, pairava numa espécie de limbo da consciência, onde sonhava com o homem mais velho, mas estava um tanto acordada, ao menos o suficiente para desfrutar muito mais a beleza e o encanto daquele homem. Ela podia sonhar com ele, flertar com ele no sonho, e ao mesmo tempo pensar: “Daqui a pouco vou para o escritório e poderei seduzi-lo de verdade”.
Mas e o marido? Na sala, numa realidade oposta ao mundo onírico de Liana, lia o jornal como quem escova os dentes, de maneira automática e sem refletir muito. O marido trabalhava em casa como contador e, às dez horas, decidiu acordar Liana, que no entanto não estava profundamente imersa no sono.
Naquela manhã, após sair do banho, Liana olhou seu jovem marido com melancolia. Na sexta-feira, no escritório, disse um “oi” distraído ao homem do sonho, que agora não passava de mais um funcionário para ter que cumprimentar num dia que demorava a passar.

vivatchka.blogspot.com
avatar
Vivatchka

Feminino Número de Mensagens : 28
Idade : 43
Localização : Araraquara
Data de inscrição : 09/02/2008

Ver perfil do usuário http://vivatchka.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum