a dança das aranhas (poema)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

a dança das aranhas (poema)

Mensagem  Gustavo em Qua Fev 13, 2008 3:16 pm

com a noite, aos pares,
descem.
rodam, sonham, fingem,
cedem,
e, ao luar, um palco
pedem.

iniciam a dança.
flauta
docemente o vento
sopra;
e o úmido piano,
frio e
pesaroso orvalho,
chora.

passam toda a noite às
voltas,
as negras e harmônicas
sombras,

e os insetos ficam
tontos,
como mortos caem
tantos!
e, enlevados, dormem
quando
as aranhas dançam
tango.

_________________
Avatar: toy art de Alberto Cerriteño.
avatar
Gustavo

Masculino Número de Mensagens : 48
Idade : 31
Localização : SP
Data de inscrição : 12/01/2008

Ver perfil do usuário http://angudenovo.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a dança das aranhas (poema)

Mensagem  Gustavo em Qua Fev 13, 2008 3:32 pm

Ok. Meus problemas são os seguintes:

4º verso: "cedem". Eu gostaria de pôr "tecem" no lugar. Para dar a idéia de que as aranhas, enquanto dançam, constroem suas teias. Por outro lado, "cedem" é a inversão de "descem". O que dá a sensação de movimento - do movimento que elas fazem ao dançar.

Última estrofe: nos rascunhos, era o meu maior problema. Ela se deslocava da narração, ficava à parte. Então eu coloquei o conectivo "e" em dois lugares: no início da estrofe (pra tentar criar um gancho com o verso anterior); e no quinto verso (para dar continuidade ao ritmo e, de contra partida, encerrar o poema indicando o último verbo). Mas não sei, não sei.

E pra terminar, a pontuação deve ter erros.


Se enxergarem outro distúrbio aí, dêem um toque, por favor. ^^


Última edição por em Qua Fev 13, 2008 5:25 pm, editado 1 vez(es)

_________________
Avatar: toy art de Alberto Cerriteño.
avatar
Gustavo

Masculino Número de Mensagens : 48
Idade : 31
Localização : SP
Data de inscrição : 12/01/2008

Ver perfil do usuário http://angudenovo.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a dança das aranhas (poema)

Mensagem  kelner em Qua Fev 13, 2008 4:44 pm

Engraçado como você é implacável até consigo. Quando vi a sua autocrítica, começei
a rir. e estou rindo ainda.
Normalmente eu acho chato quem opina muito, mais reconheço que tens razão em muita coisa. Às vezes, a explicação de tudo à luz da forma, soa redundante e pretenciosa. Enfim. Nós, insetos, ficamos tontos; enquanto vocês dançam tango.

kelner
Colunista

Masculino Número de Mensagens : 37
Idade : 40
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 21/01/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a dança das aranhas (poema)

Mensagem  Gustavo em Qua Fev 13, 2008 5:28 pm

ahahaha! Razz

_________________
Avatar: toy art de Alberto Cerriteño.
avatar
Gustavo

Masculino Número de Mensagens : 48
Idade : 31
Localização : SP
Data de inscrição : 12/01/2008

Ver perfil do usuário http://angudenovo.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a dança das aranhas (poema)

Mensagem  rodolfo_viana em Qua Fev 13, 2008 8:06 pm

Gustavo escreveu:
Ok. Meus problemas são os seguintes:

4º verso: "cedem". Eu gostaria de pôr "tecem" no lugar [...]

Última estrofe: nos rascunhos, era o meu maior problema [...]

E pra terminar, a pontuação deve ter erros.
essa é sua guerra particular? rs... a autocrítica é uma virtude, mas não exagere. as estrofes estão elegantes e envolventes.
e na minha singela opinião, os artistas nunca - NUNCA - devem se desculpar por suas obras, ou ainda justificá-las.
continue escrevendo. ou deixará ao menos um admirador chateado...

rodolfo_viana

Masculino Número de Mensagens : 31
Idade : 36
Localização : dudinka [com três exércitos amarelos]
Data de inscrição : 24/01/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ridicularização..

Mensagem  tais victa em Sex Fev 15, 2008 8:46 am

Acredito que houve uma imensa falta de defesa dos própris pensamentos ,por parte do "autor" do texto,em momento algum como disse o Orlando; nos devemos "nos desculpar" pelas idéias que defendemos!. Like a Star @ heaven
avatar
tais victa

Feminino Número de Mensagens : 11
Idade : 30
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 18/01/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a dança das aranhas (poema)

Mensagem  kelner em Sex Fev 15, 2008 10:49 am

Pra quê levar tudo tão a sério? No fim de tudo,
o que importa é a poesia que achei agradável, sobretudo por ser muito
sensorial.

kelner
Colunista

Masculino Número de Mensagens : 37
Idade : 40
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 21/01/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

[leiam como se eu falasse no tom mais calmo possível e não como se respondesse na defensiva... =)]

Mensagem  Gustavo em Sex Fev 15, 2008 10:53 am

É, essa é minha guerra particular! =P

Vejam bem, eu não me desculpo ou me justifico de nada, aqui. Nem em lugar algum, imagino. Por exemplo, meu blog não tem explicações ou análises, como esse tópico. E eu só analisei meu poema aqui por ser um fórum de discussões, onde o objetivo é dissecar livros e textos o melhor que pudermos. Por isso eu procuro por erros ou falhas quando leio o que é postado por vocês. Ou pela mensagem que se quer passar. Somente com os nossos erros apontados podemos melhorar, evoluir. E eu busco isso. Aprender com o que eu vejo de errado no texto alheio. E com o que observam no meu.

Pode parecer engraçada essa desconstrução. É realmente cômico implicar com uma vírgula ou um "e" fora do lugar. Vocês não imaginam a pesquisa que eu faço (em dicionários ou wikipedias da vida) antes de colocar uma palavra num poema; do esforço mental pra achar o ritmo e o lugar corretos dos versos. E esse "trabalho" me dá um prazer enorme. Não sei porque exatamente. Eu construo poemas para sentir esse prazer. A mensagem até fica em segundo plano, embora seja importante também.

Espero que vocês compreendam os meus comentários "implacáveis". Eu não faço por mal, por chatice. Coleguismo, na minha opinião, é uma das piores atitudes que aqueles que gostam de escrever podem ter. Elogiar sempre e tudo, não apontar erros... isso ferra um escritor. Por isso eu prefiro os defeitos e as críticas. Mas eu elogio também! E ninguém pode negar!



Abraços!


_________________
Avatar: toy art de Alberto Cerriteño.
avatar
Gustavo

Masculino Número de Mensagens : 48
Idade : 31
Localização : SP
Data de inscrição : 12/01/2008

Ver perfil do usuário http://angudenovo.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a dança das aranhas (poema)

Mensagem  kelner em Sab Fev 16, 2008 5:41 pm

Gustavo.
Compreendo, e não acho mal algum no seu trabalho de dissecação. Isso é bom.
Coleguismo é ruim mesmo; tens razão. O que não deve ocorrer é: tornar uma
crítica literária numa crítica pessoal ou tomar uma crítica literária por
pessoal. Muito cuidado com a semântica, devemos ter todos nós: expressar em
palavras a real intenção que temos ao escrevê-las.
Um texto. Poesia por exemplo, não está a priori, errado, por uma crítica apontar-lhe falhas. Como também
uma crítica não está errada por criticar uma obra perfeita. Então, suas críticas
são muito bem vindas. Esse seu prazer pela análise, essa abstração é muito
necessário, acredito. Não vou te aconselhar
a continuar assim, porque você vai continuar mesmo! (risos) E não adianta; o
apelido já pegou: o implacável.

kelner
Colunista

Masculino Número de Mensagens : 37
Idade : 40
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 21/01/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a dança das aranhas (poema)

Mensagem  nelsinho.66 em Dom Fev 17, 2008 7:27 am

Faço coro com a brigada anti-coleguismo rs.
Antes de me registrar, dei uma sapeada em tudo, pra ver qualé que era a do fórum. Se aqui estou, é óbvio que concordei com a condução das discussões. Mas o que me chamou a atenção foi a maneira, tb implacável, com que minha amiga se manifestou com um texto de outra menina. Conversando, após, no msn, entendi tudo. Minha amiga se espantou: mas fui grosseira? Aí que entendi tudo. Logicamente, não foi grosseira, não poderia, por mais que quisesse, os anticorpos da sua gentileza expeliriam qualquer tentativa nesse sentido.
Tenho uma dificuldade muito grande em dar toques no texto de outra pessoa, se esses toques não constituírem elogios. Seja por não enxergar em mim autoridade para tanto, seja pelo medo de melindrar conhecidos ou desconhecidos.
No entanto, com as atitudes de vcs, nesse fórum, vcs estão mostrando o ridículo desses meus receios.
Retifico, portanto, o que disse ontem: o Nhô Lau vai recolher sua espingarda e liberar as goiabeiras. Mais que isso, vai pular a cerca dos vizinhos e experimentar as laranjas, os cajus, as carambolas do orlando, as mangas e as jabuticabas e o que mais aqui se expuser. Acho que esse é o caminho, não é não? Bom fim de semana a todos.

nelsinho.66

Masculino Número de Mensagens : 10
Idade : 42
Localização : São Paulo - SP
Data de inscrição : 15/02/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a dança das aranhas (poema)

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum