sem título (cmu)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

sem título (cmu)

Mensagem  nelsinho.66 em Sex Fev 15, 2008 7:18 pm

Pesava-lhe a bota encharcada chupada no barro era força maior a fazer pra avançar. se ao menos pudesse enxergar algo mais que os vultos incertos cruéis eram troncos ou seres piscantes insetos mordiam era chuva era dor. o frio da camisa colada e a calça e o vento contrário ao menor pensamento de fé. barulhos e bichos e nada e nada e nada e então alcançou. um bar dois dormindo um varrendo - fechou! pelo amor, telefone, algo quente, toalha é meu carro parado no nada no nada no nada, onde estou? quem dormia acordou taramela trancou em sua nuca sentiu a pancada e o nada e o nada e dormiu. amarrado era água e a luz em sua cara, o que quer? é um erro, eu não sou, eu sou outro, eu não sei, eu não ai. o silêncio, outra hora passou outra água outra luz em sua cara, é um erro eu só vim o meu carro na chuva parou eu não sei eu não hurr.
e assim num romance de kafkaipira do sítio eu me sinto num ritmo e o pulso e o torso feridos querido não esquece da conta na ponta da linha há o peso e o anzol. mire longe ameace então puxe eu não posso quem dera acontece que o peixe sou eu.

nelsinho.66

Masculino Número de Mensagens : 10
Idade : 42
Localização : São Paulo - SP
Data de inscrição : 15/02/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

O cara

Mensagem  Vivatchka em Sab Fev 16, 2008 8:54 am

Amigos forumeiros: prestem atenção a este cara, ele escreve bem demais. Parabéns, Nelsinho, seja bem vindo
avatar
Vivatchka

Feminino Número de Mensagens : 28
Idade : 43
Localização : Araraquara
Data de inscrição : 09/02/2008

Ver perfil do usuário http://vivatchka.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: sem título (cmu)

Mensagem  nelsinho.66 em Sab Fev 16, 2008 10:15 am

Largue mão, moça. Todavia, agradecido.
Amigos, opinião de amiga de infância não conta muito.
Ainda hoje falava pra ela que meus escritos são goiabeiras, e eu sou o nhô lau, só isso.
Estou contente por participar.

nelsinho.66

Masculino Número de Mensagens : 10
Idade : 42
Localização : São Paulo - SP
Data de inscrição : 15/02/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: sem título (cmu)

Mensagem  kelner em Sab Fev 16, 2008 4:52 pm

Talvez de amiga de infância seja um pouco
suspeito mesmo, mas ela tem razão. E eu nem te conheço!
Tem um sabor muito agradável "eu não sei, eu sou outro, eu não
ai." Muito bom.
Teve aulas com Guimarães Rosa ou com Saramago? Espero que tenhas mais
coisas; é um prazer tê-lo conosco, e desconfio tenhas talento.
Bem vindo.


Última edição por em Dom Fev 17, 2008 12:19 pm, editado 1 vez(es)

kelner
Colunista

Masculino Número de Mensagens : 37
Idade : 40
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 21/01/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: sem título (cmu)

Mensagem  nelsinho.66 em Dom Fev 17, 2008 7:13 am

Obrigado, Kelner.
Interessante constatar pelo seu comentário como a idéia de influência é um olho d'água que brota, independentemente da vontade de estancá-lo. Nós nunca nos falamos antes e vc descobre as minhas cartas, as quais nem eu mesmo tinha visto ainda, desde que as tirei do monte, com essa clareza. Guimarães Rosa e Saramago, dois socos no pâncreas. Me vêm dois clássicos, sendo um até que recente, que fizeram mudar a minha maneira de ver a literatura (não me peçam pra definir essa maneira, é outra carta que apenas tirei do monte, não a abri pra mim ainda). Grande Sertão: Veredas, um livro (pra mim) com partida a manivela, mas com autonomia de vôo infinita, tentei duas vezes, em duas décadas distintas, lê-lo, mas na terceira a manivela funcionou e até hoje, ao viajar pelas Gerais, ouço os gritos e os medos de Diadorim e Riobaldo Tatarana. Ensaio sobre a Cegueira me fez entrar na trama e isso, infelizmente, não tem sido comum ultimamente. É possível entender e sentir a maravilha de um livro de maneira alheia É até preferível, por exemplo, para os fins a que se propõe esse fórum. Mas não tem jeito, deixar a trama tomar conta te embebeda com uma gostosura que te faz ligar o f...-se pra todo o mais.
A ilação feita, quase certo que pela escassez de pontuação, causou contentamento em mim. E me deu vontade de ler mais alguma coisa de ambos. Forte abraço.

nelsinho.66

Masculino Número de Mensagens : 10
Idade : 42
Localização : São Paulo - SP
Data de inscrição : 15/02/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: sem título (cmu)

Mensagem  Gustavo em Seg Fev 18, 2008 3:46 pm

Seu texto me lembrou muito Gonçalves Dias, no "Jucá Pirama", no trecho "Sou bravo/Sou forte/Sou filho/Do Norte/Meu canto de morte/Guerreiros ouvi".

Não tem como falar que não gostei. Wink

_________________
Avatar: toy art de Alberto Cerriteño.
avatar
Gustavo

Masculino Número de Mensagens : 48
Idade : 31
Localização : SP
Data de inscrição : 12/01/2008

Ver perfil do usuário http://angudenovo.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: sem título (cmu)

Mensagem  nelsinho.66 em Seg Fev 18, 2008 7:22 pm

Poxa, que legal, ainda mais vindo do implacável! rs
na verdade, faz tempo queria escrever algo com ênfase no ritmo, daí numa hora de muita raiva saiu esse.
Boa semana a todos.

nelsinho.66

Masculino Número de Mensagens : 10
Idade : 42
Localização : São Paulo - SP
Data de inscrição : 15/02/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: sem título (cmu)

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum