O Perfume - (Patrick Süskind)

Ir em baixo

O Perfume - (Patrick Süskind)

Mensagem  Cyber em Seg Fev 18, 2008 10:46 pm

Sinopse

"O Perfume é, sem dúvida, um romance estranho. Tendo como palco uma excelente reconstituição da França do século XVIII, modos e hábitos sociais, a história transporta-nos através da vida de Grenouille, um homem que nasceu diferente, viveu diferente e morreu diferente. Dotado de um olfato extraordinário, o personagem vive numa dimensão alternativa, utilizando o nariz onde o comum dos mortais utilizaria os cinco sentidos. Mais inquietante ainda é o fato de ele próprio ser desprovido de odor corporal, o que leva a sociedade a encará-lo com um misto de indiferença e horror."

(Levi Lúcio - http://diferencial.ist.utl.pt/edicao/23/perfume.htm)


Última edição por Cyber em Ter Fev 19, 2008 10:25 pm, editado 1 vez(es)

_________________
:::... Cyber ...:::
"Felix qui potuit rerum cognoscere causas."
avatar
Cyber
Admin

Masculino Número de Mensagens : 65
Idade : 38
Localização : MG
Data de inscrição : 03/12/2007

Ver perfil do usuário http://livrosrevisados.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kurt Cobain era um fã de Patrick Süskind

Mensagem  kelner em Qui Fev 21, 2008 8:22 pm

Kurt Cobain era um fã de Patrick Süskind, principalmente do livro "O perfume", no álbum "In Utero" de 1993, a música "Scentless Appretince" foi baseada nesse livro.
Por incrível que pareça, o doido do Kurt me vem dando referências muito boas. A última, foi a poesia e música de Leonard Cohen. Quem não conheçe, precisa conhecer.

OBS: Este tópico está fraco porque ninguém está lendo os livros escolhidos. Também! Num fórum com 62 membros, o livro eleito receber apenas 3 votos!

kelner
Colunista

Masculino Número de Mensagens : 37
Idade : 42
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 21/01/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Perfume - (Patrick Süskind)

Mensagem  Pessoa em Sex Fev 22, 2008 12:18 pm

Obra revelada ao mundo em 1985 num jornal alemão escrito por Patrick Süskind. Não sei quanto a vocês ,mas tenho uma enorme dificuldade em chamar Grenouille de assassino. Não há moralidade nas suas ações,ele habita um mundo à parte onde tudo se define pela alma, e a alma de tudo é o cheiro.Os perfumes “perfeitos” pertencem a corpos humanos.

Será que as pessoa podem sentir de forma inconsciente o cheiro que o corpo da outra pessoa exala e julgar essa mesma pessoa através do olfato, ainda que inconscientemente?



Nota: O nosso cérebro tem capacidade para distinguir 10 milhões de aromas diferentes e nós pouco sabemos deles. O pior não está em encontrá-los, está mais em descrevê-los. Normalmente dizemos cheira bem/mal, nada mais. Mas com uma dose de imaginação, podemos dizer é um cheiro de fruta, vegetal,mineral, chocolate preto, ponta de lápis, cão molhado... tantos cheiros quantos a nossa "memória olfactiva" se consiga lembrar!!
avatar
Pessoa
Admin

Feminino Número de Mensagens : 23
Data de inscrição : 11/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Perfume - (Patrick Süskind)

Mensagem  tais victa em Sex Fev 29, 2008 9:33 am

study "O perfume'narra a trajetória mórbida de Jean baptiste grenouille,numa época marcada pelas ondas de perfumistas de Paris,um ser humano que tenta a todo custo transformar seu maior dom( olfato) numa forma de sentir sua própria essência como indivíduo,sem sucesso.
Faz desse dom um vício assassino,da vontade um instinto ilimitado,e de sua solidão uma arma.
Uma narrativia surpreendente,escrita com maestria.
Vale a pena ler e reler...e sentir mentalmente os odores de cada capítulo!. study
avatar
tais victa

Feminino Número de Mensagens : 11
Idade : 31
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 18/01/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Perfume - (Patrick Süskind)

Mensagem  Faleiro em Sab Mar 01, 2008 6:41 pm

Olá.... cheguei aqui agora através de um convite.
Eu não cheguei a ler esse livro ainda mas eu pude ter a infelicidade de ver o filme. Acredito que o filme não conseguiu expressar tudo isso num filme.

Mas pretendo um dia me arriscar. Smile

Faleiro

Masculino Número de Mensagens : 2
Idade : 32
Data de inscrição : 01/03/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

quem manipula mais, grenouille ou patrick?

Mensagem  Pessoa em Sab Mar 01, 2008 10:28 pm

Eu não sei quem é o mestre ali, se é Grenouille nos perfumes manipulando tudo que queria ou se seria o próprio escritor que manipulou meus sentimentos, o que ele queria passar eu sentia...com toda certeza!
O personagem tem vida própria...Grenouille nasceu da criatividade do autor e teve vida própria, assim como Capitú em Dom Casmurro, Machado de Assis...

Poucos são os autores que conseguem imortalizar seus personagens e criar características que os tornam praticamente reais...



O melhor momento pra se definir qual sua visão dele está no fim do livro. Uma mistura de alívio com tristeza pelo fim. tanto da minha parte como da parte dele (Grenouille) geek

avatar
Pessoa
Admin

Feminino Número de Mensagens : 23
Data de inscrição : 11/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Perfume - (Patrick Süskind)

Mensagem  Joyce em Ter Mar 25, 2008 8:04 am

Eu já tinha asssistido o filme, o
título me chamou muita atenção.
E ao contrário da maioria das opiniões que
eu li e ouvi, gostei do filme.

Jean-Baptiste Grenouille, vem ao mundo em
meio a podridão de uma peixaria,
ao meu ver ele está mais pra anti-herói

e naquela época Paris estava emporcalhada, suja e não só no sentido
figurado...
Naturalmente, em Paris o fedor era maior...
o fato
de não possuir cheiro faz dele um ser sem identidade
e ao mesmo tempo
diferente dos demais.

Por possuir um privilegiado olfato vai em busca de
sua identidade, ou seja, o perfume perfeito!
Começa a descobrir que o aroma
perfeito está em certas moças com áurea de alegoria e pureza,
“Esse aroma
era a chave para ordenar todos os outros"
.
Após matar 24 moças e mais uma
especial ,
a
que tinha o perfume melhor, fabrica vidros com perfumes capaz de
inebriar as pessoas.
A melhor parte sem dúvida é o final, onde ele é preso e
condenado,
mas no dia da execução ele faz uso do perfume e toda a população
reunida acaba vendo-o como um Deus
e uma orgia sem controle toma conta de
toda a cidade. Após ser perdoado de seus crimes, vai embora.
É um final dramático e fortemente alegórico.
Ao colocar o perfume
que usou para escapar da execução,
é devorado por um bando de mendigos,
assaltantes, prostitutas, desertores
e jovens desesperados. Ele é
despedaçado, consumido por eles,
e dele nada resta.
Talvez o autor queira
afirmar que os idealistas
são consumidos pelas massas ou pela podridão que o
sistema produz.
Mas as últimas linhas do texto nos faz pensar em algo
diferente.
seus corações estavam bem leves (...) . Pela primeira vez, haviam
feito algo por amor
bounce
avatar
Joyce

Feminino Número de Mensagens : 5
Idade : 36
Localização : parnaiba
Data de inscrição : 16/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.estalodotempo.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Perfume - (Patrick Süskind)

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum